O que é palavra-chave e como escolher as melhores!

Bem-vindo a primeira aula do módulo de pesquisa de palavras-chave, do nosso curso de SEO para iniciantes, hoje você vai aprender o que é palavra-chave e como encontrar as melhores para sua empresa.

Preparamos um checklist de 5 pontos que vão te tornar um mestre na pesquisa de palavras-chave, confira no vídeo abaixo como utilizar esse checklist:

Curso de SEO Aula 02 | O que é palavra-chave

O que é palavra-chave no contexto de SEO?

Palavras-chave são basicamente as palavras ou frases que os usuários digitam nos mecanismos de busca, quando pesquisam sobre algum tema, assunto, produto ou serviço.

Um exemplo prático: se você estiver procurando por tênis de academia, você pode ir até o Google e pesquisar por “tênis masculino para academia” ou só “tênis para academia”.

As palavras-chave são muito importantes para SEO por que são nelas que nos baseamos para fazer toda a otimização para a rede de pesquisa.

Usamos o SEO para ranquear entre os primeiros para palavras-chave que a audiência ideal ou possíveis clientes estão pesquisando.

Se você estiver ranqueando para palavras-chave que não são pesquisadas, todos os seus esforços de otimização não tem importância nem significado.

Por isso a pesquisa de palavras-chave é tão importante, encontrar palavras-chave que as pessoas realmente estão pesquisando nos mecanismos de busca.

Como você pode encontrar palavras-chave que valem apena?

Aqui vai um checklist para te tornar mestre em encontrar as melhres palavras-chave.

1° Identificar se a palavra-chave tem demanda de pesquisa.

A demanda de pesquisa é o número de pesquisas mensais feitas por uma palavra-chave.
Nós chamamos essa métrica de “volume de pesquisa“.

Você pode encontrar o volume de pesquisa usando diversas ferramentas disponíveis na internet, nós da SEO Mestre costumamos usar a Ubersuggest que é gratuita e tem uma interface bem amigável e fácil de usar.

Usando como exemplo a pesquisa: Milhas para Km, vemos que ocorrem mais de 27 mil pesquisas mensais, o que significa que essa palavra-chave tem uma demanda de pesquisa alta.

Mas apenas 20% das pesquisas com essa palavra-chave geram cliques.

Isso acontecer por que o Google disponibiliza uma calculadora de conversão na própria rede de pesquisa que já resolve o problema do usuário, assim a pessoa não precisa acessar nenhum link da rede de pesquisa.

Por isso, o volume de pesquisa sozinho pode te passar uma informação incompleta.

O que nos faz chegar no 2° ponto da checklist:

Verificar o potencial de tráfego da palavra-chave.

O potencial de tráfego representa a quantidade de tráfego que seu site teria se estivesse em primeiro na página do Google para a palavra-chave escolhida.

Usando a ferramenta Keyword Difficulty Checker, podemos verificar a quantidade de tráfego que a página na primeira posição do Google recebe para qualquer palavra-chave.

Pesquisando pela palavra-chave “marido de aluguel”, você verá que o primeiro resultado tem em média 3900 visitas mensais, e ranqueia para 69 outras palavras-chave, em geral, as páginas no top 10 do Google, ranqueiam para dezenas ou centenas de outras palavras-chave.

Em alguns casos, o site tem mais visitas mensais por conta do potencial de pesquisa do que o volume de pesquisa da palavra-chave que estava tentando otimizar.

É isso que faz com que o potencial de tráfego seja muito mais confiável do que o volume de pesquisa.

A forma de saber qual o potencial de tráfego, é verificando quanto trafego as principais paginas no Google estão recebendo para determinada palavra-chave.

Mas nós sabemos que escolher palavras-chave se baseado apenas em métricas nem sempre é uma boa idéia.

Por isso, o 3° item da nossa checklist é:

Identificar o potencial da palavra-chave para sua empresa.

O potencial da palavra-chave para a empresa, representa o valor que essa palavra tem para a sua empresa individualmente.

Esse “valor” vai variar conforme o nicho ou modelo de negócio da sua empresa.

Então a melhor forma que encontramos para fazer isso, é dando uma pontuação de 1 e 3 para as palavras-chave que estamos pesquisando.

Quanto mais alto o número, mais valiosa é a palavra-chave para sua empresa.

Por exemplo, vamos imaginar que você possui um site sobre chuteiras, e a maneira da sua empresa fazer dinheiro é por vender essas chuteiras.

Trazendo isso para o potencial para a empresa, significa que palavras-chave que podem recomendar organicamente seus produtos para os visitantes, vão ter o maior valor.

Por exemplo, pessoas pesquisando “comprar chuteira” provavelmente estão prontas para fazer a compra agora. Por isso essa palavra-chave teria o valor de 3.

Já a palavra-chave, “melhores chuteiras” também é relevante para seu site, pois a pessoa está quase pronta para fazer a compra, mas ainda não sabe qual modelo de chuteira comprar.

É fácil fazer artigos falando sobre as melhores chuteiras e apontar para sua página de vendas em cada um dos modelos, trazendo os visitantes para a compra do produto. Por isso, essa palavra-chave teria o valor de 2.

Já uma palavra-chave “para que servem os cravos da chuteira” torna muito difícil de recomendar seus produtos. Mas ainda assim é um jeito de atrair tráfego relevante para o seu site, por isso essa palavra-chave teria o valor de 1, tendo a menor prioridade entre as outras.

O 4° ponto desse checklist é:

Verificar se você consegue corresponder a intenção de pesquisa do usuário.

Isso é algo que falamos na primeira aula, mas vamos continuar falando sobre isso por que é muito importante para fazer um bom SEO.

Intenção de pesquisa representa o motivo por trás da pesquisa do usuário, e encontramos isso por olhar as páginas na rede de pesquisa para a palavra-chave que queremos ranquear.

Por exemplo, vamos imaginar que você tem um blog sobre culinária e quer ranquear para a palavra-chave “air fryer”, verificamos que os principais resultados são ecommerces vendendo produtos da categoria “air fryer“.

Isso nos ensina que a intenção de pesquisa do usuário para essa palavra-chave é de comprar ou até mesmo procurar modelos de air fryers para comprar.

Então, a não se que você consiga satisfazer a intenção de pesquisa do usuário, provavelmente você não vai conseguir ranquear para essa palavra-chave.

Nosso próximo artigo vai falar mais afundo sobre a intenção de pesquisa.

O 5° item na nossa checklist é:

Verificar se você vai conseguir ranquear para a palavra-chave.

O volume de pesquisa, potencial de tráfego e potencial para a empresa não importam se você não for conseguir ranquear para a palavra-chave dentro de um prazo viável.

Entender a dificuldade para uma palavra-chave requer análise e prática, por isso preparamos uma aula só para esse tema mais em nosso curso, essa aula vai te tornar um mestre nesse assunto e te ajudar a ter resultados previsíveis com SEO.

Conclusão

Encontrar as melhores palavras-chave para seu negócio é basicamente encontrar um equilíbrio entre os itens desse checklist.

Você tem que se perguntar: “Esse tópico gera trafego suficiente e de alto valor para minha empresa que vale o esforço?

Pergunte-se isso antes mesmo de criar suas páginas com a intenção de ranquear na rede de pesquisa.

Nossa próxima aula vai falar mais sobre a intenção de pesquisa, então não se esqueça de se ativar as notificações para não perder esse conteúdo.

Gostou desse conteúdo? Compartilhe com seus amigos.

Leonardo Lima

Artigos relacionados