Como escolher as melhores palavras-chave?

Se você tem site, blog, loja virtual, é gestor de tráfego ou até mesmo trabalha no setor de marketing de uma empresa, provavelmente já se perguntou: “Como escolher as melhores palavras-chave?”. Essa é uma dúvida muito comum entre iniciantes no marketing de conteúdo.

Neste artigo iremos te mostrar como escolher as melhores palavras-chave e o que você considerar ao fazer sua pesquisa de palavras-chave. Ficou interessado? Então vamos lá!

O que considerar ao escolher palavras-chave?

Todos sabemos que os mecanismos de busca consideram a palavra-chave pesquisada pelo usuário e comparam com seu catálogo de páginas indexado, tentando exibir para o usuário os resultados que mais se encaixam na pesquisa feita por ele. Mas sabia que não é só isso que os mecanismos de busca como Google, Bing e Yahoo consideram?

Conhecendo a intenção de pesquisa ou User intent

Algo que os motores de busca procuram fazer, é entender qual a finalidade da pesquisa do usuário, e assim, apresentar resultados que satisfaçam aquela pesquisa. Por exemplo:

Uma pessoa que pesquisa por comprar ração para cachorro, provavelmente está procurando sites ou até negócios locais que vendam o produto “ração para cachorro“, ao invés de um artigo em blog comparando os tipos de ração e suas variedades.

Os motores de busca entendem que o usuário ao pesquisar por essa palavra-chave, tem a intenção de compra, e por isso, os resultados para essa pesquisa, geralmente irão trazer em destaque os anunciantes e lojas online que vendem este produto.

Exemplo de pesquisa com intenção de compra

Já quando um usuário pesquisa as melhores marcas de ração para cachorro, os resultados mudam, exibindo um conteúdo mais informativo, como artigos em blog explicando as diferenças e fazendo comparativo entre tipos e marcas de ração, listas, top 10, etc…

Neste caso, a intenção de pesquisa do usuário é informacional, onde o usuário busca apenas por informações sobre determinado produto ou serviço.

Exemplo de resultado de pesquisa com intenção informacional

Entender a intenção de pesquisa do usuário é essencial tanto para escolher qual tipo de conteúdo produzir, seja ele navegacional, transacional ou informacional, quanto para decidir se irá produzir conteúdo para determinada palavra-chave.

Dificuldade de ranqueamento

Agora que você já entendeu o que é a intenção de pesquisa do usuário, deve imaginar que palavras-chave com a intenção de pesquisa transacional (aquela onde o cliente deseja fazer uma compra), são mais concorridas do que as navegacionais ou informacionais, visto que o usuário já está pronto para fazer a compra.

Como estas palavras-chave são muito concorridas, a dificuldade para ranquear entre os primeiros resultados na rede de pesquisa é maior, e isso deve ser considerando ao escolher se vai ou não produzir conteúdo para tal palavra-chave.

Em geral, é recomendado gerar conteúdo para palavras-chave com menor dificuldade de ranqueamento no início, mesmo que a intenção do usuário não seja de compra, focando em transmitir conteúdo informacional ou navegacional de qualidade com uma menor concorrência. Dessa forma você cria a oportunidade de aproximar o cliente da sua empresa, mesmo que este não efetue a compra logo no primeiro contato.

Volume de pesquisa

Além da intenção de pesquisa e dificuldade de ranqueamento, é importante considerar o volume de pesquisa de determinada palavra-chave. Você não quer ter todo o trabalho de montar uma página em seu site, gerar conteúdo de qualidade, conseguir bons backlinks e no fim das contas, ter 1 ou 2 acessos no mês.

No fim das contas, o objetivo da criação de conteúdo e SEO é vender, por isso o ideal é encontrar palavras-chave que tenham um volume de pesquisa mediano ou alto, mesmo que a dificuldade seja um pouco mais elevada.

Onde encontrar as melhores palavras-chave

Existem diversas ferramentas que facilitam a pesquisa por palavras-chave, intenção de pesquisa e dificuldade de ranqueamento.

Utilizando a Ahref

A ferramenta Keyword Difficulty Checker da Ahref, por exemplo, facilita a escolha de palavras-chave ao indicar a dificuldade, os principais concorrentes, a quantidade de backlinks necessária para ficar entre o top 10 resultados para a palavra-chave escolhida, além de exemplos de pesquisas feitas pelos usuários com palavras-chave informacionais dentro da sessão “As pessoas também perguntam“.

Exemplo de uso da ferramenta Keyword Difficulty Checker da Ahref

No exemplo a cima podemos identificar o seguinte:

  • A dificuldade para ranquear para esta palavra-chave é de 4 de 100, considerado fácil
  • São necessários apenas 4 backlinks para ranquear entre os 10 primeiros resultados
  • Os principais concorrentes têm um tráfego mensal alto, acima de 15mil acessos por mês
  • A sessão “As pessoas também perguntam” traz exemplos de conteúdo que pode ser explorado

Com essas informações, fica fácil optar por gerar conteúdo para a palavra-chave “comprar ração para cachorro“, pois a intenção do usuário é de realizar uma compra e a dificuldade para ranquear bem para esta palavra é baixa, possibilitando um resultado orgânico rápido e eficaz.

Utilizando a SEMRush

A queridinha dos SEO brasileiros, SEMRush, também oferece uma ferramenta completa para pesquisa de palavras-chave, intenção de pesquisa e dificuldade de ranqueamento.

A ferramenta keyword overview da SEMRush, nos permite verificar diversos aspectos de uma determinada palavra e suas variações na rede de pesquisa, veja só este exemplo:

Exemplo de uso da ferramenta keyword overview da SEMRush

Aqui vemos que a palavra-chave ração para cachorro, tem um volume de pesquisa mensal de 40,5k ou 40500 pesquisas em média, com uma dificuldade de 32 de 100, o que já é mais elevado do que o exemplo anterior, mas ainda possível de ranquear.

Além disso, vemos a intenção de pesquisa do usuário, descrita como Informational ou Informacional em português. Em questions, podemos ver quais perguntas os usuários tem feito na rede de pesquisa que podem complementar o conteúdo da sua página ou até mesmo gerar um conteúdo novo.

Como usar as melhores palavras-chave?

Agora que você já aprendeu a identificar a intenção de pesquisa do usuário, a dificuldade de ranqueamento e o volume de pesquisa, está na hora de gerar conteúdo de qualidade de acordo com sua pesquisa!

Encontrar as melhores palavras-chave e gerar o conteúdo adequado para elas realmente não são tarefas fácies, mas geram muito resultado se feitas da maneira correta. Por isso, não exite em contar com profissionais especialistas no assunto! Nós da SEO Mestre estamos sempre a disposição para ajudar sua empresa a ranquear entre os melhores resultados da rede de pesquisa.

Leonardo Lima

Artigos relacionados