Como fazer blog post com o melhor S.E.O em 2022!

Para ir bem no Google, um blog post precisa ser bem planejado, pensado e escrito com uma estrutura bem definida, e principalmente satisfazer a pesquisa do leitor. Neste artigo vamos falar sobre como você pode aprender a escrever ótimos artigos e otimizá-los com S.E.O para ter um ótimos resultados!

Conhecendo os principais passos:

Para ficar entre os primeiros resultados e converter bem, é preciso seguir uma série de passos antes, durante e depois de escrever seu blog post. Vamos iniciar este artigo conhecendo os principais passos para fazer o blog post perfeito:

  • Pesquisa de mercado;
  • Planejamento;
  • Estruturação;
  • Redação;
  • Otimização;

Antes de começar a escrever seu blog post, é preciso entender se há pessoas realmente interessadas no que você vai escrever, qual o volume de pessoas e quais suas principais dúvidas, é disso que vamos falar no tópico a seguir.

Pesquisa de mercado para blog post

Se você está se preparando para escrever um blog post, provavelmente é por que tem conhecimento sobre o assunto e quer compartilhar esse conhecimento com as pessoas interessadas. Esse também é nosso objetivo, por isso, vamos te dar algumas dicas sobre como fazer sua pesquisa de mercado para blog post.

Conhecendo as ferramentas básicas de blog post

Existem diversas ferramentas na internet que permitem que você verifique quantas pessoas fizeram pesquisas no Google utilizando a palavra-chave que você informar. Dessa forma, você poderá saber se existem ou não pessoas interessadas em saber o que você quer transmitir.

Uma das principais ferramentas gratuitas é a “Free Keyword Generator” da Ahrefs. Ela te permite verificar por meio de uma breve pesquisa, variações da sua palavra-chave, a dificuldade da palavra-chave, o volume de pesquisa nos últimos 12 meses e a data da ultima atualização dessa lista.

Por exemplo: Imagine que você planeja escrever um blog post sobre plantas “flor de cera”, basta acessar a ferramenta que indicamos acima e informar a palavra-chave “flor de cera”, selecionar o país: Brazil e clicar em “Encontrar palavra“.

Você deve ver um resultado parecido com isso:

Resultados de “flor de cera” na ferramenta Free Keyword Generator.

Como você pode ver na imagem acima, existe um bom volume de pesquisa para a palavra-chave “flor de cera” e suas variações como: flor de cera como cuidar, coração variegata, planta, etc.

Com base nessa informação, sabemos que existem pessoas fazendo pesquisas sobre esses temas, agora basta entendermos o que exatamente essas pessoas estão procurando. E uma forma de saber isso é utilizando outra ferramenta gratuita da ahrefs, a conhecida “Keyword Difficulty Checker” ou Verificador de dificuldade de palavra-chave.

Essa ferramenta nos permite verificar o quão difícil será aparecer entre os primeiros resultados de pesquisa para aquela palavra-chave e quais as principais questões feitas no Google utilizando esta palavra-chave e suas variações.

Ao acessar a ferramenta, preencha os campos novamente, assim como na ferramenta anterior. Você deverá ver um resultado parecido com seguinte:

Resultados de “flor de cera” na ferramenta Keyword Difficulty Checker.

Os níveis de dificuldade vão de: Fácil, Médio, Difícil e Super Difícil. Mas não se preocupe se o resultado for “Difícil” ou “Super Difícil” em sua pesquisa, isso só quer dizer que você precisará de uma quantidade maior de links e domínios externos apontando para sua página, conhecidos como backlinks, trataremos desse tema em outro artigo.

Além disso, você poderá ver quais são seus concorrentes para essa palavra-chave, conforme pode ver na imagem acima, o artigo: “Flor de cera: como cuidar, cores, floração da planta e mais!” é o primeiro colocado na pesquisa, porém com 0 backlinks e 0 domínios apontando para esse artigo, o que nos indica que será muito fácil rankear acima desse artigo e se manter na primeira página.

O que precisamos entender agora é o que as pessoas costumam perguntar quando procuram pela palavra-chave que pesquisamos, isso vai nos ajudar a planejar o conteúdo do blog post para responder exatamente as dúvidas dos leitores.

Ao clicar em “As pessoas também perguntam” veremos uma lista das 4 perguntas mais comuns feitas pelos usuários do Google, sendo elas nesse caso:

  • Como cuidar da flor-de-cera para dar flores?
  • Em que época floresce a flor-de-cera?
  • Como pega a flor-de-cera?
  • Para que serve a planta flor-de-cera?

Responder a estas perguntas no seu artigo, irá levar mais tráfego, manter o leitor interessado e agregar valor ao seu conteúdo, o que aumenta diretamente sua AUTORIDADE.

Na sequência, podemos ver que a maior parte do tráfego para esta palavra-chave vem de vídeos, o que nos mostra que os usuários que pesquisarem sobre “Flor de cera“, se interessam em saber as respostas as suas dúvidas por meio de vídeos.

Planejamento

Com base no que encontramos em nossa pesquisa de mercado, podemos partir para o planejamento do conteúdo do blog post, levando em conta: o volume de pesquisa da palavra-chave e suas variações, a dificuldade, as principais perguntas dos usuários e o formato do conteúdo.

Como vimos, para a palavra-chave “flor de cera”, os usuários costumam clicar em vídeos e em blog post que contenham as respostas as principais perguntas. Por isso, o mais recomendado nesse caso seria: redigir um blog post respondendo as principais perguntas, utilizando um FAQ (Perguntas frequentes), adicionar um vídeo respondendo as dúvidas, dando dicas ou até mesmo sobre as curiosidades desse tipo de planta.

Estruturação

Agora que já sabemos que existe público para nosso blog post e quais os principais itens que deve conter nele, precisamos começar a montar a estrutura do que será escrito e a melhor ordem das informações para facilitar o entendimento.

Uma forma de se fazer isso é por meio de um rascunho ou esboço, anote as ideias principais e tente coloca-las de forma lógica, de forma que vá facilitar ao leitor o entendimento, assim seu blog post será atrativo e as pessoas que farão a leitura poderão aproveitar da melhor forma seu conteúdo.

Para fazer isso é importante entender como utilizar os títulos e subtítulos da forma correta. É comum ver blog posts com subtítulos bagunçados, sem uma ordem lógica, por isso, para facilitar, veja os títulos e subtítulos como uma hierarquia:

Como usar os títulos H1, H2, H3….H6?

H1: Só deve haver um em seu blog post, sendo ele o título do seu artigo; Exemplo: “Flor de cera: Como cuidar e para que servem?

H2: Os subtítulos principais, geralmente utilizados para destacar as informações principais do post ou responder as principais perguntas dos usuários. Por exemplo: “Como cuidar da flor-de-cera para dar flores?”, “Em que época floresce a flor-de-cera?“, “Como pega a flor-de-cera?”, “Para que serve a planta flor-de-cera?”

H3-H6: Geralmente são utilizados como subtópicos dos títulos H2, utilizamos para desmembrar em partes menores o subtítulo principal, use-os de forma hierárquica, por exemplo: dentro do subtítulo “Como cuidar da flor-de-cera para dar flores?“, podemos desmembrá-lo em alguns itens principais como: Cuide da temperatura, Verifique a água, Faça a poda, utilizando os títulos H3-H6 neles. Veja que cada um desses itens fazem parte do subtítulo principal, isso facilita a leitura, organizando bem as ideias para o leitor.

Qual o tamanho certo de um blog post para ir bem no Google?

A resposta a essa pergunta é simples: Não há tamanho certo. Não existe isso de tamanho mínimo, quantidade mínima de palavras para o artigo ir bem. Em um estudo feito pela Ahrefs com base nos dados da rede de pesquisa do Google, não existe correlação de causa e efeito entre o tamanho do texto e a taxa de cliques ou posição dele na rede de pesquisa.

Existe muito “achismo” propagado na internet, você já deve ter visto por ai artigos afirmando que textos com 1000 ou até 3000 palavras tem mais cliques do que blog posts menores. Mas isso não é bem verdade, escrever 3000 palavras, não garante que você terá um resultado melhor do que seu concorrente.

Isso se deve por que o Google leva em conta outros fatores como: qualidade do texto, informações atualizadas, facilidade de leitura, velocidade da página, tamanho das fotos (100kbps por exemplo), otimizações de S.E.O na página, o Bounce Rate que é quando as pessoas entram na página, vêem que aquele não era o conteúdo que elas queriam e saem da página e não a quantidade de texto escrito.

Não se preocupe com a quantidade de palavras, se preocupe em escrever um artigo que responda a duvida das pessoas, ajude-as com o que precisam, seja fácil de ler e entender. Com isso as pessoas serão mais propensas a se manter no seu site, lendo seus outros artigos, interagindo, compartilhando, apontando links para seu blog post, e isso sim, faz diferença no rank do Google.

Por isso, lembre-se, para ir bem no Google “qualidade de conteúdo é melhor do que quantidade“.

Ferramentas para estrutura do blog post

Existem algumas ferramentas além do rascunho que podem te ajudar durante o processo de estruturação e que irão ajudar na legibilidade do seu conteúdo, como por exemplo: O FAQ, Infográficos, Imagens, Vídeos, Sumário, etc.

Essas ferramentas quando bem utilizadas ajudam a experiência do leitor, um fator muito importante para o Google na hora de mostrar seu artigo na rede de pesquisa.

Redação

E finalmente chegamos a redação, agora que você já sabe como será a estrutura do seu artigo, chegou a hora de começar a escreve-lo. Para facilitar esse processo, é importante levar em conta algumas coisas como:

  • Qual o nível de conhecimento do meu público a respeito do assunto?
  • Qual o nível de complexidade aceitável do meu texto?
  • Devo escrever de forma mais técnica ou simples?

Essas respostas irão te ajudar a decidir se seu artigo terá um texto mais técnico ou simples, baseado no nível de conhecimento do publico para qual você está escrevendo. Por exemplo: Um artigo falando sobre JSON-LD e técnicas avançadas de S.E.O é muito mais voltado para um público que já tem um nível de conhecimento técnico na área do que outro artigo com o tema S.E.O básico como fazer.

É importante que você tenha essa noção de publico pois os próximos passos serão baseados nessas informações.

Comece bem: fazendo boas introduções

Logo no inicio do seu blog post, fale de algo que chame a atenção do usuário, deixando claro o assunto que será tratado e mostrando por que aquele artigo é importante para o leitor.

Mas você pode se perguntar: Como vou fazer isso?

  • Para deixar as pessoas interessadas você pode: fazer uma pergunta, usar um exemplo do dia a dia, citar uma notícia e assim por diante.
  • Deixar o assunto claro é necessário por as pessoas precisam saber qual é o assunto do blog post e o motivo de você estar falando sobre ele.
  • Mostrar a importância do assunto para o leitor: pode ser feito ao falar sobre como seu conteúdo vai ajudar a pessoa no dia a dia dela, dessa forma as pessoas vão ver como seu artigo é útil para elas.

Utilize os subtítulos para chamar atenção para os pontos principais

É preciso ajudar as pessoas a acompanharem a sequência de ideias que você está passando por meio do artigo, além disso, mostra como esses pontos principais estão ligados com o título.

Para fazer isso você pode usar 3 passos:

  • Pensar no objetivo do seu blog post. Você quer informar, convencer ou motivar as pessoas? Pense nisso enquanto escreve seu artigo e verifique se todos os pontos principais estão te ajudando a chegar nesse objetivo.
  • Chamando atenção para o titulo. No seu artigo, lembre-se de repetir a palavra-chave e sinônimos dela, sempre relembrando o leitor do tema principal do seu blog post.
  • Escolha poucos pontos principais. Use apenas pontos que tenham a ver diretamente com o titulo do seu artigo.

Use informações interessantes em seu blog post

Ajude os usuários a pensar no assunto por meio de informações interessantes. Mas como fazer isso? Fazer o seguinte pode te ajudar:

  • Levar em conta o que os usuários já sabem. Ao invés de ficar repetindo informações que as pessoas já conhecem, chame atenção para um detalhes importante.
  • Pesquise e pense no assunto. Use informações novas ou noticias que sirvam para ilustrar as ideias principais do seu titulo. O Google ama artigos com informações atualizadas, por isso se pergunte: ‘Que informações eu pesquisei que são interessantes e tem a ver com o tema?’

Mostre como as pessoas podem colocar seu conteúdo do blog post em prática

Em seu artigo você deve ajudar as pessoas a entender como o que você está escrevendo é útil pra elas, mostre como elas podem colocar o conteúdo em prática no dia a dia ou para resolver um problema.

Para fazer isso você pode:

  • Pensar no seu público. Pergunte a si mesmo: ‘Por que as pessoas precisam saber disso?’ ‘Qual parte desse assunto vai ser mais útil para os usuários?’
  • Mostre as pessoas como e o que fazer. Desde sua introdução as pessoas precisam saber que a informação que você está passando serve pra elas. Dê exemplo específicos de como elas podem colocar em prática as informações que você está passando.

Conclua bem: Encerre seu blog post da forma correta

Faça um breve resumo das ideias principais que você tratou no blog post e incentive as pessoas a tomar uma ação. Relembre aos usuários por que aquele conteúdo é útil pra ela e como utiliza-lo, faça isso com autoridade, mas sem soar arrogante.

Sua conclusão deve ser bem simples e breve, neste momento não é a hora para mostrar ideias adicionais. Se necessário, indique as pessoas outro artigo seu falando sobre um tema complementar ou que dê sequência no assunto.

Otimização

Agora que seu blog post já está escrito, chegou a hora de otimizá-lo. Isso é importante por que o Google precisa entender seu artigo, para mostra-lo para as pessoas corretas. Esse processo se chama S.E.O -Search Engine Optimization ou em português, Otimização para rede de pesquisa.

Existem centenas de regras que o Google leva em conta para mostrar seu blog post na rede de pesquisa, mas neste artigo vamos falar apenas os principais que estão relacionado com blog posts.

Utilizar a marcação correta de títulos

Conforme falamos no tópico de estruturação, é importante saber usar bem os títulos sejam eles H1, H2, H3…, mas isso não apenas para facilitar o entendimento do usuário final, isso também é necessário pois o robô do Google lê as informações nessa ordem e usa essa informação para saber a importância de cada parte do seu conteúdo, por isso, utilize os títulos e subtítulos de forma lógica.

Não exagere na quantidade de palavras-chave

Você já deve ter visto por ai páginas com um texto escrito dessa forma:

“Vendemos plantas. Nossas plantas são bem cuidadas, se você pensa em comprar plantas raras, entre em contato com nosso serviço de envio de plantas especializado”

Isso é um exemplo claro de Keyword Stuffing ou de forma simplificada, uso exagerado das palavras-chave. Isso é uma pratica condenada pelo Google, e se seu texto estiver assim, considere concertar antes de publicá-lo para evitar problemas.

Mas como saber se meu artigo está com Keyword stuffing? Existem 2 maneiras fáceis:

  1. Por usar um plugin de otimização como o Yoast SEO, pois ele faz a leitura em tempo real do texto e te mostra se está exagerando ou não na quantidade de vezes em que a palavra-chave aparece.
  2. Se você não usa um site wordpress, você pode utilizar a formula da autora Martha Gabriel, que é simples de se utilizar e ajuda a definir se está ou não exagerando. A formula é a seguinte: F=K/T sendo:
  • F= Frequência
  • K= Quantas vezes uma palavra aparece;
  • T= Total de palavras do texto

De acordo com a autora Martha Gabriel, uma frequência entre 6-8% é segura para evitar que o Google reconheça seu texto como algo nocivo.

Utilize a palavra-chave no Alt e Title das imagens

Toda imagem que aparece no seu blog post tem uma propriedade chamada title e alt title, adicione em algumas das suas imagens a palavra-chave principal do seu blog post, dessa forma o Google conseguirá reconhecer que elas estão relacionadas com o tema principal.

Use suas palavra-chave na introdução

Ao redigir sua introdução, lembre-se de usar a palavra-chave nela, pois além de ajudar o leitor a saber do que se trata o artigo, irá ajudar o Google a entender como a palavra-chave se encaixa com o restante do artigo.

Use sua palavra-chave no Titulo, Metadescrição e Slug

Antes de publicar seu post, lembre-se de utilizar sua palavra-chave no titulo, metadescrição e na slug. Esses passos podem ser feitos de maneiras diferentes de acordo com o sistema que você utiliza. No caso do WordPress, indicamos utilizar o plugin Yoast SEO e configurar essas informações por meio do plugin, o que facilita muito a vida dos redatores. Veja abaixo um exemplo de como fazer isso no Yoast SEO:

Exemplo de configuração de nosso artigo “S.E.O – Aprenda a aparecer de graça no Google

Essas configurações ficam na parte inferior do editor de post do wordpress, o que facilita o trabalho do redator.

Faça aprimoramentos de pesquisa avançada: JSON-LD

O Google tem uma biblioteca diversificada de aprimoramentos que podem ser feito em seu artigo para que ele possa aparecer melhor no Google, gerando mais informações úteis para os usuários da ferramenta, esses aprimoramentos são feitos na linguagem JSON-LD e podem ser encontrados na Galeria de pesquisa avançada. Se você não for programador ou não entender de linguagens de marcação não se preocupe, o Yoast SEO gera algumas marcações básicas automaticamente ao instalar e configurar o plugin.

Caso você queira ter melhores resultados, considere entrar em contato com um especialista em S.E.O que saiba usar o JSON-LD da melhor maneira possível para trazer mais resultados para seu site e blog posts.

Conclusão

Viu só como escrever um blog post é preciso planejar, pensar bem, escrever pensando no leitor e ainda otimizar o conteúdo? É verdade que não é algo simples e rápido de fazer, mas garanto que fazer seus artigos seguindo essas dicas vai te ajudar a ir bem no Google e receber muitos cliques de pessoas interessadas!

Gostou do conteúdo? Compartilhe com seus amigos e redatores parceiros! Assim você nos ajuda a continuar escrevendo conteúdo de qualidade para te ajudar a rankear bem no Google.

Quais são as ferramentas básicas de SEO?

Um site/blog em wordpress com os plugins: Yoast SEO e Schema instalados. Além de ferramentas como Keyword generator e Keyword Difficult Checker

Como fazer o planejamento para um blog post?

Com base em nossa pesquisa de mercado, leve em conta: o volume de pesquisa da palavra-chave e suas variações, a dificuldade, as principais perguntas dos usuários e o formato do conteúdo.

Qual o tamanho certo de um blog post para ir bem no Google?

A resposta a essa pergunta é simples: Não há tamanho certo. Não existe isso de tamanho mínimo, quantidade mínima de palavras para o artigo ir bem. Em um estudo feito pela Ahrefs com base nos dados da rede de pesquisa do Google, não existe correlação de causa e efeito entre o tamanho do texto e a taxa de cliques ou posição dele na rede de pesquisa.

Leonardo Lima

Artigos relacionados